Guia da Mochileira: O que levar no Mochilão?!

Algumas pessoas andaram me pedindo dicas de como organizar um mochilão. Especialmente mulheres, que tem dificuldade em ser compactas. Lembro que quando fiz meu primeiro mochilão procurei por blogs e sites na internet e quase não encontrei informação voltada pra mulheres, e o que achei era pouco explicativo. Um video que eu gosto muito é o guia de mochila do Red Wine Helps You Sleep On Trains. O problema é que ele é voltado para viagens no verão e nessa minha última trip tinha muito deserto, montanhas e altitude (Bolivia – Peru), então tive que fazer tudo por conta própria. Bom, deu certo! E aqui vão algumas dicas que eu aprendi the hard way.

Só preciso deixar claro que esse guia é para quem é viajante do mundo, uma mochileira mesmo (ou quer ser), e pretende viver a experiencia da viagem mais do que o turismo em si. Se você vai ficar em hotéis 5 estrelas e só comer nos melhores restaurantes, está na página errada.

  • Você NUNCA vai precisar de tudo isso.
    Aceite, é a realidade. E o ideal é que exista espaço de sobra, porque no meio do caminho você vai querer comprar coisas, que vão pesar ainda mais a sua mochila ou você vai acabar tendo que abandonar pertences pelo caminho (eu já deixei calças e camisas por aí…). Minha última mochila para 31 dias tinha um total de 12 quilos, não se esqueça de quem vai carregar esse peso.
  • E nem vai sentir vontade de ser a pessoa mais arrumada do pedaço.
    Portanto esqueça aquele sapato de salto (você vai caminhar MUITO), o secador de cabelo (a não ser que o lugar seja extremamente frio, caso contrário, você vai acabar nem usando, ou, em geral os hostels mais jovens e legais tem para alugar ou mesmo emprestar), as roupas de night brilhosas e glamourosas que você não vai conseguir usar sem salto (uma vez levei um vestido lindo e nunca consegui usá-lo porque meus sapatos se resumiam a um tênis e um par de havaianas O.o), dentre outras coisinhas que se tornam supérfluas ao longo da viagem. Acredite, você não vai sentir falta delas e no ambiente dos mochileiros a regra é ficar confortável.
  • Leve roupas coringas.
    Tente levar roupas que você possa usar em sete dias, para uma viagem de até três semanas, ou treze para viagens mais longas. Haverão lavanderias no meio do caminho e muitas vezes os próprios hostels oferecem o serviço. Portanto evite exagerar na quantidade, lembre-se, qualquer peso a mais será carregado por você. O ideal é levar peças que possam fazer várias combinações. Uma calça jeans em geral dá pro gasto, uma ou duas leggings (se você for adepta do estilo) e várias blusas/camisas (dependendo do clima do lugar) ou vestidinhos básicos (evite estampas), um short também pode ser útil. Não caia na besteira de só levar roupas para o clima especifico do lugar. Se vai fazer frio, tenha pelo menos duas blusinhas para usar por baixo e poder tirar as camadas se fizer calor. O contrário também serve, em locais muito quentes o uso do ar condicionado é uma constante, leve pelo menos um casaco/jaqueta.

Backpacker Walking on Trail --- Image by © Anthony West/Corbis

  • Cadeados!! Muitos Cadeados!! E adaptador de tomadas.
    São sempre úteis e você vai encontrar para vender no meio do caminho, mas não custa nada levar logo né? Você vai encontrar incontáveis situações para usá-los. Não se preocupe! Se o lugar usar tomadas diferentes (quase a Europa inteira) é sempre bom levar logo o adaptador para carregar a maquina, o celular ou qualquer outro eletrônico. Caso contrário faça da compra uma de suas prioridades ao chegar no local.
  • Necessaire, a melhor amiga de toda mulher.
    O mais prático é que ela tenha algum tipo de gancho para pendurar, você realmente não sabe em que tipo de banheiro vai se meter e essas dobráveis com  gancho geralmente quebram vários galhos e ficam ali, pertinho de você dentro do box, ao alcance. O que levar? Vou fazer um post só sobre isso.Mas enquanto isso a dica é: potinhos pequenos SEMPRE!
  • Roupa Intima, de banho e meias.
    Evite o excesso de sutiãs. Um, no máximo dois, vão resolver todos os seus problemas, eu tendia a levar dois e depois cheguei a conclusão que só usava um. E ninguém morre de ficar uma tarde sem ele enquanto lava (coloque uma segunda pele, ou blusinha colada por baixo para disfarçar e problema resolvido). Calcinhas, faça aquele velho calculo de quantas eu preciso em uma semana? Depois é só lavar no banho mesmo. Sem stress. Quanto as meias, isso vai de cada um, mas eu recomendaria levar poucas e talvez investir em um talco (caso você sofra de chulé), as meias também são facilmente lavadas ou você pode também botar na lavanderia. Além do que ninguém morre de reutilizar meia. Nunca esqueça o biquini! Mesmo que você vá pros alpes! Vai que chega lá e tem os banhos termais mais maravilhosos do mundo e só você não sabia? Uma mulher prevenida vale por duas.
  • Toalha de viagem
    Tek Toweltoalha-tek-towel-245px
    Desculpem-me os adeptos das toalhas normais, mas se você está mochilando vai precisar de uma toalha de viagem de microfibra. Elas são pequenas, super dobráveis e secam bem rapidinho (o que pode ser extremamente útil, já que não deixa cheirinho ruim dentro da mochila), e geralmente também vem com uma “etiqueta” pendurável para os banheiros sinistros que você vai encontrar. A minha é uma Tek Towel do menor tamanho 40 x 80cm, mas me serve perfeitamente, claro que não é igual a toalha de casa, mas a gente sobrevive! Exceção: Europa! Se você já não tiver a sua, é melhor nem levar, geralmente os hostels alugam por um euro (alugam secadores e chapinhas também) e esse dinheiro é devolvido quando você devolve os itens.
    .
  • Canivete, kit de costura, livro, havaianas e tênis.
    Esses nem precisa de muita explicação né? Sim, você vai usar um canivete, não tenha dúvidas disso, desde abrir um vinho a cortar lacres. Ah, não sabe costurar? Tá na hora de aprender a dar pelo menos um pontinho, sim, você vai precisar, tenha certeza disso. O resto é auto-explicativo.
    .
  • Remédios.
    Tenha sempre uma necessaire só de remédios, dos mais básicos (dor de cabeça, pilula, dor muscular, cólica, febre, gripe, enjoo, mertiolate…) aos mais difíceis (antibiótico, anti-inflamatório). Acrescente band-aids, gaze e cotonetes. Eu levo também um Bepantol (pomada pra todo tipo de coisa que possa acontecer) e Carvão vegetal, em casos de diarreia esse remedinho natural dá aquela “entupida” que você precisa para continuar (#ficaadica). É sempre bom se precaver, comidas diferentes com temperos diferentes nem sempre caem bem. Nem preciso dizer que em hipótese alguma você deve levar as caixas né? Uma cartelinha ou mesmo metade cortada de uma vai dentro da bolsinha (espaço, espaço, pra que te quero!).
    .
  • Pesquise!
    É sempre importante fazer o roteiro, pesquisá-lo bem, entrar no mochileiros.com e ler relatos, entender o que vem pela frente e assim se preparar para aquilo. Sua mochila ficará mais completa à partir do momento que você sabe o que vai encarar. Por exemplo, quando mochilei em Paris já tinha comprado antecipadamente pela internet as entradas pro espetáculo do Moulin Rouge (que sai mais barato se comprado com antecedência) e vi no site que só é permitida a entrada com trajes sociais, portanto, fui preparada e levei na mochila vestido, salto alto, meia calça… Mas são situações especificas.

Achei algumas dicas interessantes de mochileiras nos blogs a seguir:

Como arrumar seu mochilão para uma viagem – Preciso Viajar

Como viajar leve e barato – Lu Russa

O que levar na mochila – Mochilão Trips

Sou mulher, mochileira, viajante independente e louca pelo mundo – Vida & Viagens

Como se tornar uma mochileira – Vagabundo Profissional

lugar


E não deixem de ler o 
relato do meu último mochilão (Bolivia – Peru em 31 dias) feito pela minha companheira nessa trip, a Débora. Vale muito a pena!E segue a “parte 1″ do vídeo que citei acima. Para assistir a parte dois basta clicar nela ao final do vídeo.

{Post originalmente publicado no meu primeiro blog – Champanhe e Gentileza}

Deixe uma resposta!

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>